Dicas, Inspiração

Chiaroscuro: da pintura renascentista do século XV à fotografia contemporânea

23/06/2017
Chiaroscuro na fotografia

Davi com a Cabeça de Golias, 1607. Caravaggio.

O chiaroscuro é uma palavra de origem italiana, cujo significado é claro-escuro ou, também, luz e sombra.

Essa palavra denomina a técnica de pintura desenvolvida durante o período da Renascença, no século XV.

Entre seus maiores expoentes, temos grandes nomes como Leonardo da Vinci, Caravaggio e Rembrandt.

As pinturas feitas com essa técnica são caracterizadas pelo impactante contraste tonal de luz e sombra responsável por determinar as formas tridimensionais e imprimir um efeito dramático nas representações. (Continuar lendo…)

Inspiração, Notícias

Fotógrafa utiliza uma gota d’água como lente e o resultado é belíssimo

23/06/2017
Fotógrafa utiliza gota d'água como lente para fazer retratos

A fotógrafa holandesa Robin De Puy foi desafiada por uma companhia belga de água mineral, a SPA, a realizar um experimento fotográfico: produzir retratos utilizando uma gota de sua pura água como lente.

Para que o feito fosse possível, a fotógrafa contou com a ajuda de cientistas da empresa Etulipa, baseada em Eindhoven, na Holanda, para projetar e construir uma câmera capaz de utilizar a gota d’água como lente, com direito, inclusive, a controle de foco. (Continuar lendo…)

Edição, Notícias

Descubra os ajustes de um JPG feitos no Lightroom com o Pixel Peeper

23/06/2017
Pixel Peeper revela ajustes feitos em imagens JPG no Lightroom

O Pixel Peeper é uma aplicação web criada pelo desenvolvedor freelancer Piotr Chmolowski, que permite extrair informações EXIF e visualizar, a partir de uma imagem em JPG, quais parâmetros foram editados no Lightroom.

Se você não sabe o que é EXIF, veja esse artigo.

Ao fazer o upload de um JPG para o Pixel Peeper, ele irá revelar qual câmera e lente foram utilizadas, as informações de exposição e os ajustes feitos em cada um dos controles deslizantes do Lightroom.

Isso, é claro, se o fotógrafo não tiver de alguma forma excluído esses metadados do arquivo digital.

O Pixel Peeper pode ter diversas aplicações, mas a mais interessante para quem está aprendendo sobre pós-produção é fazer uma espécie de “engenharia reversa” para descobrir um pouco de como aquela foto sensacional do seu fotógrafo favorito foi editada. (Continuar lendo…)

Dicas, Edição

Como deixar a pele lisa no Photoshop com a técnica do Pincel a 8% de fluxo

16/06/2017
Como deixar a pele lisa e perfeita no Photoshop

Tratamento de pele na pós-produção é um assunto que sempre gera polêmica por reforçar ideais de beleza inatingíveis, em especial quando a imagem é produzida para vender pasta de dente, diárias de spa ou produtos de beleza.

Não importa o quão perfeita seja a pele de uma pessoa, por mais abençoada que ela tenha sido, haverá sempre uma série de texturas, poros mais abertos, manchas e todo tipo de micro detalhes que fazem a nossa pele ser pele e não porcelana.

Por isso, no momento da edição, o fotógrafo deve considerar o propósito da imagem, seu destino final, para saber dosar o tratamento. Perder o controle e ir longe demais é muito fácil, por isso é imprescindível tomar alguns cuidados no Photoshop para que você possa voltar atrás ou atenuar os efeitos de uma edição excessiva.

Nesse tutorial iremos abordar o extremo do tratamento de pele: a técnica de pintura com pincel a 8% de fluxo.

Nessa técnica, a pele é literalmente pintada utilizando-se a ferramenta pincel no Photoshop. As cores utilizadas na pintura serão extraídas do próprio rosto, dividido em microrregiões, com o apoio da ferramenta Conta-gotas. (Continuar lendo…)

Inspiração, Notícias

Profissional com equipamento amador VS Amador com equipamento profissional: quem ganha?

16/06/2017
Amador com equipamento profissional VS Profissional com equipamento amador

Tranquilamente uma das perguntas mais irritantes que nos fazem diariamente é: “qual câmera você usou para fazer aquela foto?” ou “qual câmera eu deveria comprar?. Mas a verdade é que você pode ter a melhor câmera, lente, modelo, locação, mas se você não tem as habilidades fundamentais e um propósito por trás das imagens que você está fazendo, elas certamente serão imagens sem brilho.

É assim que os fotógrafos do Mango Street Lab iniciam a explicação sobre o experimento que eles se propuseram a fazer para responder a seguinte questão:

Profissional com equipamento amador VS Amador com equipamento profissional: quem ganha?

Para realizar o experimento, eles equiparam um amador com conhecimento básico de fotografia com uma Canon 5D Mark IV top de linha de 3300 dólares com uma objetiva Canon 35mm f/1.4L II de 1650 dólares e dois profissionais com uma baratinha Canon Rebel T3i de menos de 500 dólares com lentes básicas do kit, uma 18-55mm e uma 40mm f/2.8. (Continuar lendo…)

Equipamentos

Pinhole Pro: uma objetiva pinhole para DSLRs e Mirrorless

16/06/2017

Talvez a forma mais básica de se registrar um instante, a lendária fotografia pinhole, agora ganha status profissional com direito a objetiva refinada para DSLRs e Mirrorless.

Trata-se da Pinhole Pro, uma objetiva 50mm com 8 aberturas possíveis de diafragma, variando de 0.1 a 0.8mm, produzida com liga de alumínio anodizado.

Pinhole Pro em uma Canon

A Pinhole Pro possui anel mecânico de controle de abertura e rosca de filtro de 58mm, que fazem dela uma lente com construção semelhante ao que já estamos acostumados nas objetivas de nossas DSLRs, com a diferença, é claro, de não possuir vidro. (Continuar lendo…)

Dicas, Edição

Guia de atalhos de Lightroom para pós-produção ninja

09/06/2017
Guia de teclas de atalho para Adobe Lightroom

Saber mexer em software, mas não saber seus principais atalhos é algo assim como Buchecha sem Claudinho, circo sem palhaço, namoro sem abraço. É neném sem chupeta, Romeu sem Julieta, carro sem estrada, queijo sem goiabada.

Há um tempo atrás publiquei um compilado de atalhos de Photoshop (que você pode acessar aqui) fundamental para amadores, entusiastas e profissionais de todos os níveis.

Agora chegou a vez do Lightroom ganhar seu guia de atalhos, para fechar o ciclo do imbatível pacote de fotografia da Adobe.

Dessa vez a ideia é fazer um pouquinho diferente.

Os atalhos estão categorizados por 3 cores:

  • Vermelho para os atalhos básicos que você DEVE saber.
  • Laranja para os atalhos intermediários que agilizam ainda mais os processos.
  • Azul para os atalhos avançados que você deve analisar com atenção para escolher quais deles se adequam melhor às suas preferências e necessidades.

Mesmo sendo uma lista enorme, ela abrange apenas os módulos mais usados no dia a dia: biblioteca e revelação. (Continuar lendo…)

Equipamentos, Notícias

Arsenal: sua câmera com inteligência artificial

09/06/2017
Arsenal: inteligência artificial para a sua câmera

Quando um engenheiro pede 50 mil dólares em um site de financiamento coletivo para viabilizar seu produto e consegue angariar 20 vezes mais do que a quantia pedida, é sinal de que já passou da hora de prestarmos atenção no que está por vir.

Se você esteve no planeta Terra nos últimos anos, provavelmente já se deparou com uma infinidade de artigos usando os termos “machine learning“, “inteligência artificial“, “big data” e por aí vai.

São termos que se referem ao desenvolvimento de sistemas inteligentes em que as máquinas também passam a ter a habilidade de aprender sem serem explicitamente programadas.

Elas fazem esse aprendizado com base em grandes volumes de dados fornecidos à elas, de modo que possam extrair e inferir informações necessárias para realizar determinadas tarefas com mais precisão e eficácia ou simplesmente para fornecer informações importantes para que os humanos sejam mais assertivos em tomadas de decisão nas mais diversas atividades.

As aplicações são infinitas: desde a análise de bancos de dados com informações sobre saúde para dar mais subsídios em diagnósticos médicos, até mesmo, é claro, como não poderia deixar de ser, na análise de grandes volumes de imagens para dar subsídios para… fotógrafos! (Continuar lendo…)

Notícias

Atualização no Flickr permite a exibição de seus melhores trabalhos na sua página de perfil

09/06/2017
Atualização no Flickr

Essa semana o Flickr anunciou a implementação de uma seção intitulada “Sobre” no menu principal com o intuito de aprimorar a experiência dos usuários no desktop.

Foram incluídas novas funcionalidades para customizar a maneira como os trabalhos são apresentados e para simplificar a navegação.

Seção de mostruário

De acordo com o Flickr, uma das características mais requisitadas pela comunidade era uma maneira de exibir uma curadoria de melhores imagens para as pessoas que acessam os perfis de fotógrafos pela primeira vez.

Agora é possível selecionar até 25 fotos para exibi-las na ordem que o usuário considerar ideal, um recurso importante para quem usa o Flickr como portfólio.

Da mesma maneira, é possível customizar essa seção de tempos em tempos para que a sua página possua “exibições” ou “mostras” temporárias com trabalhos mais atuais ou simplesmente separados por temas. (Continuar lendo…)

Dicas

Câmera hacks: faça você mesmo efeitos criativos com objetos do dia a dia

02/06/2017
Faça você mesmo: câmera hacks

Quando falamos em câmera hacks, estamos nos referindo a ideia de subverter o uso comum das nossas câmeras, lentes, tripés e acessórios fotográficos para conseguir efeitos criativos na produção de imagens sem recorrer a produtos comercializados pela indústria fotográfica para esse tipo de finalidade.

É mais ou menos a lógica do faça você mesmo, o famoso “do it yourself“, em que a gente bota a mão na massa e cria modificadores de imagem com os objetos do dia a dia que tivermos ao nosso dispor.

Vale tudo: elásticos, adesivos, canetinhas, plásticos, celofanes, lupas, embalagens, panos… Qualquer coisa que dê pra colocar na frente de uma lente ou associar a algum equipamento fotográfico para modificar a maneira como a imagem será produzida.

Nesse artigo você verá um compilado de truques do tipo “faça você mesmo” para modificar criativamente o aspecto de suas fotos.

São truques simples, utilizando elementos baratos do dia a dia, para criar efeitos de distorção e modificadores de cor, contraste e foco, entre outros.

Prepare a fita adesiva e abra a mente para também criar os seus próprios “câmera hacks” e, é claro, compartilhar suas criações conosco nos comentários desse post. (Continuar lendo…)