Dicas, Edição

Como e por que remover os metadados de suas fotografias

30/06/2017
Como remover metadados de imagens

Toda vez que você produz uma fotografia com sua câmera, ela está criando um arquivo digital que contém não só a imagem, mas também uma série de informações a respeito de como essa imagem foi feita.

São informações que funcionam como uma impressão digital da foto, informando o equipamento utilizado, com direito inclusive ao número de série; todas as configurações de câmera e objetivas utilizadas pelo fotógrafo; data e hora do disparo; e, nos casos em que há um GPS presente, informações sobre a localização.

No momento da edição em softwares como o Lightroom e o Photoshop, ainda mais metadados podem ser embutidos no arquivo, desde informações de direitos autorais até mesmo uma série de informações sobre quais parâmetros você modificou na pós-produção para finalizar aquela imagem (que você pode descobrir facilmente com a ajuda desse site).

Com tanta informação disponível assim tão facilmente para todo mundo que tiver acesso às suas imagens publicadas em sites e redes sociais, talvez você esteja se perguntando: será que eu quero realmente compartilhar tudo isso com desconhecidos?

Pense na seguinte situação: você é rico ou tem um amigo rico cheio de obras de arte penduradas na parede e eletrônicos caríssimos em todos os cantos. Você fotografa essa casa e publica as fotos em redes sociais com metadados revelando a exata localização desses objetos.

Em 1990, Marv e Harry fingiam ser policiais para ter acesso à casa das pessoas e descobrir o que de valioso havia por lá. Hoje, quase 30 anos depois, tudo o que eles precisam é de um jpg!

Esqueceram de mim - Marv

Marv, o icônico bandido de Esqueceram de Mim se passando por um policial.

Fora essa questão de segurança, há também a privacidade a se levar em conta.

Talvez você simplesmente não queira revelar para qualquer um as informações sobre o dia específico em que a foto foi realizada ou simplesmente não quer entregar seus segredos de edição.

Toda informação é sensível e determinar se ela pode ser compartilhada ou não só cabe a quem produziu a imagem decidir.

O que nos leva a segunda parte desse artigo: como remover metadados de imagens.

Como remover metadados no Lightroom

Na caixa de exportação Ctrl+Shift+E (Win) | Cmd+Shift+E (Mac), vá para a aba Metadados.

Em Incluir você terá as seguintes opções:

  • Somente direitos autorais
  • Somente direitos autorais e informações de contato
  • Todas as informações exceto as de Câmera e do Câmera RAW
  • Todos os metadados

Há também duas caixas para marcar as opções:

  • Remover informações pessoais
  • Remover informações do local

Excluir metadados no Lightroom

Como essas opções estão disponíveis na etapa de exportação, você poderá escolher a combinação mais adequada e, de uma vez só, aplicar ao lote de imagens que você está trabalhando. Simples assim.

Como remover metadados no Photoshop

Em Arquivo>Exportar>Salvar para web (legado)… ou Alt+Shift+Ctrl+S (Win) | Option+Shift+Cmd+S (Mac) você poderá escolher as seguintes opções em “Metadados”:

  • Nenhum
  • Coypright
  • Direitos autorais e informações de contato
  • Todos exceto as informações de câmera
  • Tudo

Excluir metadados no Photoshop

 

Softwares para remoção de metadados

Provavelmente o mais simples de todos chama-se EXIF Purge. Ele é direto ao ponto e sem opções avançadas de customização como ocorre no Lightroom e no Photoshop.

Você poderá remover as informações de uma imagem sobrescrevendo-a ou salvando uma cópia sem metadados mantendo a original.

Para sobrescrever, na opção Output Location, ou seja, em qual local em seu computador o EXIF Purge irá salvar as imagens, basta apontar para o mesmo local da foto original.

Caso você queira manter os originais, aponte para uma pasta diferente em Output Location e você terá uma cópia das imagens sem metadados.

O programa é gratuito e está disponível em http://www.exifpurge.com/.

O EXIF Purge é interessante porque não exige instalação, sendo apenas um arquivo executável, tanto para PC quanto para Mac.

O único inconveniente é que ele mostra propagandas após a exportação, mas faz isso de maneira sutil.

Como remover metadados de imagens no Windows

O método é bastante fácil e pode ser aplicado tanto para uma única imagem, quanto para várias.

No Explorador de Arquivos (Tecla Windows+E), clique sobre a imagem (ou sobre múltiplas imagens selecionadas) com o botão direito e vá em Propriedades.

Vá na aba “Detalhes” e clique em “Remover Propriedades e Informações Pessoais”.

Você irá acessar uma guia com duas opções:

  • Criar cópia com todas as propriedades possíveis removidas
  • Remover as seguintes propriedades deste arquivo:

A segunda opção permite que você configure quais campos serão excluídos nos metadados.

O problema desse método é que o Windows não remove todos os metadados. Se você fizer um teste com o Pixel Peeper, verá que ainda restam informações ali, com destaque para todos os detalhes de edição feitos no Lightroom.

 

Como remover metadados de imagens no Mac

No macOS é possível utilizar o pré-visualizador de imagens para remover os dados de GPS de suas imagens.

Primeiro abra a imagem com a Pré-Visualização.

Em seguida vá em Ferramentas>Mostrar Inspetor.

 

Como remover dados de GPS de imagens no Mac

Clique sobre a aba Mais Informações, selecione a opção GPS.

Clique sobre Remover informações de localização.

Como remover dados de GPS de imagens no Mac

 

Como remover metadados de imagens online

Também é possível utilizar websites específicos para remoção de metadados de imagens como o www.verexif.com.

Você poderá fazer o upload da imagem para o site e escolher uma das duas opções: visualizar ou remover o EXIF.

As imagens não podem ter tamanho maior do que 20MB.

Como remover metadados de imagens online

 

Conclusões

Por questões de segurança e privacidade, antes de compartilhar suas fotografias online, o ideal é que você reflita um pouco sobre a necessidade de remover as informações embutidas em suas imagens pela sua câmera e pelo seu software de edição.

Caso você trabalhe com fotojornalismo, cuidado. Manter os metadados presentes nas imagens e bem preenchidos é fundamental para que os veículos de comunicação possuam todas as informações necessárias para as publicações.

O IPTC, um grupo internacional que define padrões para distribuição de informações, faz análises periódicas de como websites e redes sociais lidam com os metadados. Alguns mantém as informações intactas enquanto outros removem total ou parcialmente esses dados ao fazer o upload das imagens. Você pode conferir o resultado dos testes da IPTC nesse link.

Para saber mais sobre metadados, confira esse artigo.

Fique à vontade para sugerir outros métodos de remoção de metadados nos comentários abaixo.

You Might Also Like

Nenhum Comentário

Comente!