Dicas, Edição

Dicas de tratamento de imagens: a técnica do Bleach Bypass

20/02/2018
Edição de imagens simples e rápida no Photoshop

Fácil, simples, rápida e de altíssimo impacto. A técnica do Bleach Bypass é um desses macetes clássicos de edição fotográfica que você não pode deixar de conhecer, não importa em que nível você esteja na fotografia.

Ela está presente em uma infinidade de presets, filtros em aplicativos de edição e já vem há muito tempo sendo usada por fotógrafos desde versões super antigas do Photoshop para todo o tipo de situações, com destaque em retratos, casamento, publicidade e até mesmo no cinema.

A técnica foi utilizada pela primeira vez no cinema em 1960, com a película japonesa Otôto, de Kon Ichikawa.

Filmes como O Resgate do Soldado Ryan e Minority Report, ambos de Steven Spielberg, também utilizaram essa técnica no processamento das imagens para conferir uma atmosfera mais intensa às películas.

Walter Carvalho também utilizou a técnica do Bleach Bypass para realçar as nuances da pele negra do protagonista Lázaro Ramos, em Madame Satã (2002).

Madame Satã - Lázaro Ramos

Lázaro Ramos em Madame Satã (2002).

Basicamente, o resultado do Bleach Bypass quando feito analogicamente, durante o processo de revelação do filme, é uma imagem com redução na saturação, com o contraste nas áreas de luz e sombra intensificado e com granulação.

Já no Photoshop, a presença ou não da granulação – que na fotografia digital recebe o nome de ruído – fica a critério do editor.

Como fazer Bleach Bypass no Photoshop

Passo 1
Abra uma imagem e duplique a camada com Ctrl+J (Win) | Cmd+J (Mac).

Passo 2
Remova a saturação da camada duplicada com Shift+Ctrl+U (Win) | Shift+Cmd+U (Mac).

Tratamento de imagens rápido no Photoshop

Passo 3
Modifique o modo de mesclagem (blending mode) da camada para Sobrepor (Overlay).

Tratamento de imagens rápido no Photoshop

Passo 4
Experimente com os valores de opacidade dessa camada para reduzir o efeito e encontrar o ponto ideal. É possível utilizar qualquer valor entre 10 e 100% de opacidade, dependendo da sua imagem e da intensidade que você deseja dar para o efeito. Mas vale sempre a regra: cuidado com exageros.

Foto original

Resultado Final com 50% de opacidade na camada em P&B

Resultado Final com 50% de opacidade na camada em P&B

Resultado Final com 100% de opacidade na camada em P&B

Resultado Final com 100% de opacidade na camada em P&B

Passo 5 – opcional
Adicione “grão” ou “ruído” na imagem em Filtro > Ruído > Adicionar Ruído. Experimente com os controles para deixar o aspecto e a intensidade do ruído do seu gosto.

Resultado final em 100% de opacidade + ruído

Resultado final em 100% de opacidade + ruído

Outros exemplos

Tratamento de imagens simples no Photoshop

Esquerda: original | Direita: Com bleach bypass 80% de opacidade | Foto: bardia hashemirad

Tratamento de imagens rápido no Photoshop

Esquerda: original | Direita: Com bleach bypass 100% de opacidade | Foto: taylor hernandez

Tratamento de imagens rápido no Photoshop

Esquerda: original | Direita: Com bleach bypass 100% de opacidade | Foto: JD Mason

Tratamento de imagens rápido no Photoshop

Esquerda: original | Direita: Com bleach bypass 100% de opacidade | Foto: Caleb Lucas

Modo alternativo: Nik Collection

Outra maneira interessante de aplicar a técnica do Bleach Bypass é utilizando os filtros da Nik Collection, disponibilizados gratuitamente para Windows e Mac.

Nik Collection: Color Efex Pro

Filtro Bleach Bypass no Color Efex Pro, da Nik Collection | Foto: Noah Buscher

No conjunto Color Efex Pro, da Nik Collection, você encontra o filtro Bleach Bypass com controles deslizantes para ajuste fino de Brilho, Saturação, Contraste e Contraste Local, Sombras e Altas Luzes, o que pode te ajudar a alcançar resultados diferentes e mais refinados em relação a técnica normal no Photoshop.

 

Conclusões

A técnica do Bleach Bypass permite um tratamento de imagem de alto impacto e com a vantagem de ser extremamente simples e rápida. Sua característica é muito utilizada na fotografia contemporânea, nos mais diversos nichos, com forte destaque para a fotografia publicitária.

É necessário cuidado com os excessos, pois a técnica impacta fortemente nas cores e no contraste da imagem.

É preciso muita atenção com o resultado proporcionado nos tons de pele: para tons mais claros, a técnica tende a gerar um efeito “pele de porcelana”; para tons mais escuros, a técnica tende a acentuar as nuances.

Texturas são intensificadas de modo geral, portanto atenção redobrada para rugas, manchas, sardas, marcas, cicatrizes e imperfeições.

You Might Also Like

Nenhum Comentário

Comente!