Edição, Notícias

Lightroom CC e Lightroom Classic: Adobe revela mudanças profundas no LR

19/10/2017
Novos Lightroom CC e Lighroom Classic

Já estão disponíveis as novas versões do software de organização e tratamento de imagens para fotógrafos da Adobe: o Lighroom CC e o Lightroom Classic.

Mas o que são esses nomes?

Bem, basicamente a Adobe desmembrou o Lightroom em duas versões, praticamente como se fossem dois softwares diferentes.

Pode parecer estranho e confuso, mas é simples.

O LR que você já conhece e aprendeu a amar, continuará existindo com o nome de Lightroom Classic.

A versão mais recente, lançada em 18 de outubro de 2017, recebeu significativos aprimoramentos de desempenho e velocidade (o que vinha sendo uma queixa frequente dos usuários) e também novos controles para seleções mais precisas de tons e cores por meio de máscaras.

Já a outra versão do Lightroom recebeu simplesmente o nome que já era utilizado anteriormente, ou seja, Lightroom CC (Creative Cloud).

Essa versão do LR possui características próprias que a diferem bastante do Lightroom Classic e pode ser considerado um software novo.

É possível migrar totalmente para o novo LR CC, utilizar ambas as versões paralelamente ou simplesmente continuar com o Lightroom Classic e ignorar o LR CC. Tudo depende das suas necessidades, preferências e, é claro, do custo.

Adobe Lightroom CC: baseado na nuvem

Lightroom CC - nuvem

O novo Lightroom CC possui duas novas características principais que o diferenciam do Lightroom Classic: uso de inteligência artificial e a ligação total com o armazenamento na nuvem, ou seja é um software baseado na nuvem (cloud based).

Nuvem e edição sincronizada

Lightroom CC - smartphone

Ao assinar o novo Plano do Lightroom CC, o usuário terá 1TB de armazenamento em nuvem. A ideia proposta pela Adobe é que o fluxo de trabalho seja contínuo entre diversos dispositivos (computadores, celulares e tablets) e locais (acessando remotamente seus arquivos de onde estiver).

As edições realizadas em um dispositivo são sincronizadas automaticamente e aplicadas também nos seus demais aparelhos.

Em países como o Brasil, cuja internet não é lá das melhores, é possível que essa experiência tenha seus percalços, já que o upload de uma seção de fotos com arquivos RAW de câmeras com dezenas de megapixels certamente não será uma tarefa das mais rápidas.

De qualquer forma, em termos práticos, você terá também uma cópia dos arquivos localmente para poder trabalhar a edição imediatamente.

Em comparação com o Lightroom Classic, que também permite o upload de suas imagens para a nuvem da Creative Cloud, a diferença principal é que o Lightroom CC faz o upload das suas imagens RAW originais completas ou de seus JPG em resolução total, enquanto o Classic faz o upload apenas de Smart Previews, ou seja, de uma versão em baixa-resolução de suas imagens.

Ao começar, por exemplo, uma edição no computador e finalizar em um smartphone, você estará utilizando o arquivo completo, em sua resolução total, em ambos os dispositivos com o Lightroom CC.

Organização por inteligência artificial

Lightroom CC - busca

Assim como já ocorre em apps como o excelente Google Fotos, o seu catálogo receberá automaticamente os recursos de AI para buscas infinitamente melhores com a tecnologia Adobe Sensei.

Isso quer dizer que a AI irá interpretar as características da imagem e você poderá utilizar, em suas buscas, palavras que não foram inseridas manualmente para encontrar o que procura.

Lightroom CC - busca

Se sem a ajuda da inteligência artificial é necessário inserir manualmente em uma imagem a palavra-chave “labrador”, por exemplo, para que você possa encontrá-la posteriormente, agora, a própria inteligência artificial já é capaz de identificar um cão da raça labrador em uma foto, tornando possível fazer a busca por essa palavra-chave em seu catálogo sem a necessidade de ter inserido essa etiqueta manualmente durante a importação.

Além disso, os recursos de AI poderão aprender também como você realiza o tratamento de suas imagens e conhecer suas preferências para tornar seu fluxo de trabalho ainda mais rápido.

Compartilhamento facilitado

Lightroom CC - compartilhamento

O que a Adobe espera com o novo Lightroom CC é inserir o software no contexto a que as pessoas estão inseridas no mundo da internet rápida e dos dispositivos móveis: acesso remoto via nuvem, compartilhamentos instantâneos, compatibilidade com redes sociais, criações de vídeos, enfim, tudo o que as pessoas já se acostumaram a utilizar em suas vidas na internet, mas que poderiam ser facilitadas no universo do LR por meio de novos recursos.

Interface

Lightroom CC - interface

Diferentemente da sua versão Classic, o Lightroom CC possui uma interface mais enxuta, que vai de encontro das necessidades de quem realiza a edição em smartphones e tablets.

Note que o Lightroom CC é, de fato, um novo software, em versão 1.0. Portanto não espere todas as funcionalidades e recursos do Lightroom Classic, como os módulos de impressão, web, mapa e livro, que estão de fora.

Também ficaram de fora os recursos de HDR, Panorama, captura em tempo real (tethered), rótulos coloridos, possibilidade de criar múltiplos catálogos, entre outros.

Preços e Planos

É possível escolher basicamente entre 3 opções na página oficial da Adobe.

Plano do Lightroom CC – LR CC + 1TB de armazenamento em nuvem – R$35,00/mês.

Plano de Fotografia – LR CC + LR Classic + Photoshop CC + 20GB de armazenamento na nuvem – R$35,00/mês.

Plano de Fotografia com 1 TB de armazenamento da nuvem – LR CC + LR Classic + Photoshop CC + 1TB – R$71,00/mês.

You Might Also Like

1 Comment

  • Reply Natalícia 31/10/2017 at 20:37

    Amei todas as informações!!!

  • Comente!