Dicas

Não compre uma câmera usada sem saber o seu Shutter Count

30/06/2016
Shutter count: qual é a vida útil do obturador

Da mesma forma como você não compra um carro usado sem saber a quilometragem, você também não deve comprar uma câmera usada sem saber a quantidade de vezes em que o obturador da câmera foi acionado, ou seja, o número de disparos realizados.

O obturador é uma peça mecânica que funciona de maneira muito semelhante a uma cortina. Toda vez que você realiza um disparo, essa cortina se abre para deixar a luz entrar durante um determinado período de tempo.

Esse tempo varia conforme a quantidade de luz da cena e os objetivos criativos do fotógrafo, mas em geral ele se dá numa fração muito pequena de segundos, que pode ser de até mesmo ínfimos 1/8000 (um segundo dividido em 8000) em câmeras topo de linha.

Portanto, se você parar pra pensar, é bastante justo reduzir nossas expectativas com relação à durabilidade de uma peça mecânica que realiza uma tarefa tão incrível quanto essa, tantas vezes e com tamanha precisão.

Assim, tenha em mente a partir de hoje que o obturador de sua câmera possui sim uma vida útil e que a hora da morte virá em algum momento.

Esse momento varia dependendo do modelo e da categoria da câmera. Como referência, temos valores médios fornecidos pelos fabricantes baseados em testes. Vale frisar: são valores médios, o que implica que na realidade os obturadores podem durar muitas vezes mais, em alguns casos o dobro, o triplo e com muita sorte até bem mais do que isso. O contrário também pode acontecer, com o obturador “vindo a óbito” um pouquinho antes desses valores médios.

 

Valores médios / Canon

50.000 > 350D | XTi (400D) | 20D

100.000 > 70D | 60D | 50D | 40D | 30D | XS (1000D) | T1i (500D) | XSi (450D) | 6D | 5D

150.000 > 7D | 5D Mark II | 5D Mark II

200.000 > 1D Mark II N | 1DS Mark II

300.000 > 1D Mark III |  1D Mark IV | 1DS Mark III

400.000 > Canon EOS 1DX

 

Valores médios / Nikon

100.000 > Nikon 1 V1 | Nikon 1 V2 | D3000 | D3100 | D3200 | D5000 | D5100 | D5200 | D5300 | D90

150.000 > D7000 | D7100 | D300 | D600 | D610 | D700 | Df

200.000 > D800

300.000 > D3

400.000 > D4 | D4S

 

Percebe a lógica? Basicamente as câmeras DSLR de entrada possuem uma vida útil média estimada em 100.000 disparos; as intermediárias, de 150.000 disparos e as topo de linha, acima de 200.000.

 

Então comprar câmeras usadas é ruim?

Depende. Pode ser ruim, mas também pode ser absolutamente desejável! Basta você fazer algumas contas e analisar qual o uso que você pretende fazer do equipamento.

Se você for um fotógrafo profissional, definitivamente comprar uma câmera usada não é uma boa ideia. A conta é simples: um fotógrafo de esportes, por exemplo, que utiliza quase que ininterruptamente os disparos contínuos para capturar aquele momento mágico em que a bola está exatamente bem na frente do rosto do jogador, pode realizar disparos na casa dos milhares em um único dia! O mesmo vale pra diversos outros tipos de profissionais, como fotógrafos de casamento, por exemplo, em que um único evento é o suficiente para acionar o obturador por centenas ou milhares de vezes.

Portanto, para esse tipo de uso diário e massivo, mesmo um equipamento mais longevo pode durar algo como 1 ano a 2. Esse é o motivo pelo qual os profissionais estão constantemente trocando suas câmeras, já que a morte do obturador durante a cobertura de um evento é a mais pura definição de catástrofe.

Por outro lado, se você é um fotógrafo amador ou um típico “jogador de fim de semana”, as chances são grandes de você fazer uma média de 10-20 disparos por dia, o que significa que o obturador de sua câmera poderá durar até mesmo algumas décadas!

E é aí que vem a parte boa: se você se enquadra na segunda categoria, você pode juntar o melhor dos dois mundos e comprar uma câmera usada para conseguir um equipamento superior ao que você conseguiria comprar com o valor de uma zero quilômetro! E aqui voltamos ao raciocínio que já é usado para a compra de carros desde sempre.

 

Mas não tem como simplesmente substituir o obturador por um novo?

Sim, é possível. A questão é o custo/benefício de se fazer a troca do obturador em oposição a vender sua câmera e comprar uma nova. Isso varia novamente de acordo com o tipo de uso que você faz da câmera e dos custos em particular do modelo que você possui. Profissionais, em geral, optam por já embutir os custos da troca do corpo da câmera em seus cálculos de depreciação. Assim não há susto na hora da troca e o profissional se mantém sempre com equipamentos atualizados para atender às demandas exigentes do mercado.

 

Mas e os vídeos? Consomem muito a vida útil do obturador?

Talvez você esteja pensando: se eu filmar em 24fps, o obturador será acionado 24 vezes por segundo, bastando um pouco mais de uma hora de vídeos para decretar o fim do obturador da câmera.

Pois fique tranquilo! Quando filmamos, o obturador permanece aberto o tempo inteiro. Logo, o vídeo irá consumir apenas um clique da contagem.

 

Mas então como saber quantos cliques tem a minha câmera?

Você terá que utilizar algum site ou software para descobrir o valor do Shutter Count. Em geral esses métodos irão pedir algum tipo de acesso à sua câmera ou simplesmente fazer a leitura desse número a partir de uma imagem criada pela sua câmera, um jpg simples ou um RAW, dependendo do site ou do software que você utilizar. Embutido no arquivo de imagem, há uma série de informações à respeito do equipamento que foi utilizado para a captura, dos softwares usados na edição e uma grande quantidade de outras impressões digitais que falaremos em um outro artigo mais para frente. É a partir desse pedaço de informação contida dentro dos arquivos de imagem que esses sites e softwares conseguem descobrir a contagem de disparos do obturador.

Como a quantidade de modelos de câmera é gigantesca, esses sites e softwares não são capazes de descobrir a contagem de todos os modelos disponíveis. Caso um deles não funcione para a sua câmera, parta para o próximo. Abaixo você confere os quatro sites mais simples de utilizar e que são dedicados apenas para essa finalidade.

 

Camera Shutter Count

Site que abrange uma vasta quantidade de marcas e modelos e que é extremamente simples de usar. Realize um disparo em jpg e em seguida faça o upload da imagem diretamente do cartão de memória para o site sem editá-la. A resposta vem em seguida, simples assim!

 

Nikon Shutter Count

Desnecessário dizer que não vai funcionar com outras marcas além da Nikon, certo? Mas o uso é simples: basta fazer o upload de uma imagem, desde que você utilize um jpg capturado na qualidade small (básica). Não utilize arquivos processados em software. Envie o arquivo fresquinho da câmera, diretamente do seu cartão de memória.

 

Shutter Count

Esse site permite fazer a contagem a partir de arquivos RAW obtidos diretamente da câmera. Ou seja, não utilize um RAW processado em softwares como o Lightroom, muito menos se você já tiver convertido ele para DNG. Ele oferece suporte para arquivos NEF, da Nikon; DNG e PEF, da Pentax e CR2 da Canon. Como você já deve ter imaginado, fazer o upload de um arquivão RAW pode demorar um pouco, dependendo da qualidade da sua conexão com a internet. Portanto, requer um pouquinho de paciência.

 

My Shutter Count

Suporta arquivos NEF (Nikon), DNG e PEF (Pentax) e JPG. Assim como os demais, basta fazer o upload do arquivo diretamente da câmera, sem edições.

 

Banco de dados de expectativa de vida do obturador de câmeras digitais

Como a única informação que temos a respeito da vida útil dos obturadores é a média dos testes divulgados pelos fabricantes, o fotógrafo Oleg Kikin criou um banco de dados colaborativo para que toda a comunidade de fotógrafos global contribua com dados reais a respeito desse tema. Basicamente qualquer pessoa pode entrar no site olegkikin.com/shutterlife, procurar o modelo de sua câmera e inserir as informações de com quantos cliques ela está e se o obturador está funcionando ou não. Assim você poderá ver dados do mundo real que servem como referência. Mas não se esqueça de que esses dados dependem da livre e espontânea vontade de pessoas como eu e você para inserir os dados, portanto a estatística realmente verdadeira pode ser um pouco diferente da que você observa no site.

 

Conclusão

Peça sempre ao vendedor a informação da contagem dos disparos antes de comprar uma câmera usada e utilize essa informação como parâmetro para escolha entre ofertas diferentes. O preço pode ser mais baixo em comparação a outra câmera igual oferecida por outro vendedor, mas dependendo do Shutter Count, a compra poderá não ser um bom negócio.

Analise se você faz uso massivo ou regular para descobrir se comprar uma câmera usada vale a pena para você.

Se você fotografa ação e tem o costume de usar sem dó o disparo contínuo, saiba que você pode estar reduzindo o tempo de vida útil da sua câmera. Prepare-se para não levar surpresas e inclua o custo de depreciação do equipamento para não afundar o seu negócio.

Depois de algum tempo de uso, realize a contagem dos disparos da sua câmera e divida-os pela quantidade de dias que você a comprou. Verifique a estimativa fornecida para a vida útil do obturador no modelo da sua câmera e faça o seu próprio cálculo para saber quanto tempo aproximadamente a sua câmera deve funcionar sem problemas, de acordo com o uso que você faz dela.

 

 

 

 

 

 

 

 

You Might Also Like

22 Comments

  • Reply ana 06/07/2017 at 21:50

    tenho uma t3 e não consigo ver o Shutter Count dela ):

  • Reply Fernando Aquino 14/08/2017 at 14:28

    Moysés,

    Belo artigo.
    Estava considerando em comprar minha primeira Full Frame, desde 2012 tenho uma T1i mas quero uma câmera com qualidade de ISO superiores.

    Escolhi em comprar uma 6D de primeira geração, encontro este modelo por volta de 3500 reais na faixa de até uns 50k cliques.
    Achei até uma com 17k por 3900, mas quase todo mundo utilizava a câmera pra filmagem. Além do fator de contagem dos cliques, tem mais algum outro problema de filmar? Li que o sensor exposto a laser ou diretamente ao sol, poderia prejudicar a câmera com dead pixel. Como pretendo comprar pelo ML, caso identifique este problema e seja muito grave, posso solicitar a devolução do equipamento em até 7 dias, mas existe outro problema que pode apresentar além deste? Claro, problemas mais grave ($$).

    Também posso ver uma D600, como vendi minhas lentes pra encarar a FF, fiquei apenas com uma 24m 2.8 stm, uma 50mm 1.8 e uma cabeça de flash 550ex. Mas posso considerar vender estes equipamentos tbm (a 24mm já venderia), e começar em outra marca, já que eu acredito que a maioria dos videomakers não utilizam Nikon em suas filmagens.

    • Reply Moysés Lavagnoli 14/08/2017 at 18:22

      Oi Fernando, tudo bom? Não me vem a cabeça agora outros problemas não. Pelo Mercado Livre você deve conversar bem com o vendedor para ver como está o estado de conservação. Não compre jamais por lá sem utilizar o Mercado Pago, para que você tenha essa garantia e jamais faça negociações com vendedores por e-mail. Utilize o sistema do ML e respeite as regras que você estará seguro. Aí, na semana que chegar o equipamento, use o máximo que você puder pra poder ver se tem algo errado. Algum botão estragado, poeira no sensor (aí é só limpar), fungos em lentes (se vier junto). Essas coisas… Mas essas câmeras costumam ser muito robustas, principalmente a linha FF. Elas são feitas com materiais mais resistentes e com melhores proteções. Fique tranquilo, verifique vendedores que deram mais atenção aos detalhes no anuncio, veja a reputação que deve dar tudo certo. Boa compra e parabéns por subir de nível!

  • Reply Andréia 24/08/2017 at 18:25

    Olá Moysés! Obrigada por compartilhar essas informações….serão úteis para muita gente como eu que deseja comprar um equipamento usado. Eu estou negociando com uma produtora a compra de uma Mark III, com 150 cliques, comprando na BH em 2014, usavam para filmagem e trocaram o obturador dela lá nos EUA mesmo, tem comprovante. Acho que, por ter a troca do obturador e ser de 2014 o risco de não durar mais que um ano é preocupante? Obrigada! Abraço.
    Déia.

    • Reply Moysés Lavagnoli 25/08/2017 at 10:48

      Oi Andréia. A questão toda é quantos cliques já foram feitos com esse novo obturador! São 150 só ou 150 mil? Se for 150 pode comprar sem problemas, isso é tanto quanto tirar um carro zero da concessionária e dirigir até sua garagem!

  • Reply Angelo Cristofani 04/01/2018 at 12:02

    BOm dia,
    Uma duvida, eu to negociando uma 70D que tem 14k Cliques, mas foi usada bastante para filmagem ( um ano gravando clipes) , teria algum contador de tempo de filmagem ?
    Filmar é mais ou menos prejudicial para a câmera ?

    • Reply Moysés Lavagnoli 05/01/2018 at 09:26

      Oi Angelo, tudo bom? Fique tranquilo, essa câmera está realmente com poucos cliques. Se estiver em bom estado pode comprar. A filmagem só dispara a cortina do obturador uma única vez!

  • Reply Eduardo Pires 04/02/2018 at 10:42

    Bom dia.

    Quantos cliques uma câmera da Canon T5i consegue até chegar ao seu óbito?

    • Reply Moysés Lavagnoli 05/02/2018 at 10:58

      Oi Eduardo, tudo bom? São 100 mil cliques segundo essa tabela (http://www.shutteractuations.com/canon-eos-camera-shutter-lifetime/). Mas só um detalhe importante: a câmera não “chega a óbito”, apenas a peça chamada obturador, ok? Substituindo o obturador em uma assistência, a vida segue. E esse número de 100 mil cliques é uma estimativa, é possível durar muito mais do que isso. Tudo depende do uso!

  • Reply André Vilhena 22/02/2018 at 10:00

    Bom dia, Sabe me dizer qual é o número estima de durabilidade do obturador da Nikon D3200

    • Reply Moysés Lavagnoli 22/02/2018 at 13:29

      100.000 cliques, André. No meio do artigo tem a estimativa do fabricante para diversos outros modelos também.

      • Reply Vanderlan Chaves 12/06/2018 at 23:40

        Minha D3200 já tá com 150.000!!!

        • Reply Moysés Lavagnoli 15/06/2018 at 11:43

          Excelente, Vanderlan! Muito obrigado pelo seu comentário, porque ele reforça que os valores de shutter count são estimativas médias de fábrica, podendo variar para mais. No seu caso, para MUITO mais. Parabéns, você certamente tem um bom cuidado com ela também!

  • Reply Diego Dantas 28/03/2018 at 16:41

    Boa Tarde . Estou pensando em comprar uma câmera semi nova nikon D7000 , porém gostaria de saber quanto é mais ou menos os preços de um obturador novo, sei que preços variam no comercio.Mas era só para saber os custos beneficio.

    • Reply Moysés Lavagnoli 29/03/2018 at 13:33

      Oi Diego, tudo bom? No mercado livre você encontra obturadores para a D7000 por valores que variam de 350 a 650 reais. Além disso, você terá que arcar com os custos do frete e da mão de obra especializada para realizar a troca.

  • Reply Reginaldo 02/05/2018 at 14:12

    Boa tarde, comprei uma câmera Nikon d3100 usada,mas não reparei neste assunto dos clikes, agora estou observando que em alguns momentos o obturador não dispara, você acha que tem haver com a vida útil ?

    • Reply Moysés Lavagnoli 03/05/2018 at 11:04

      Oi Reginaldo, não saberia dizer sem mexer na câmera. Recomendo que procure ajuda em uma assistência técnica ou de algum amigo fotógrafo mais experiente para que eles possam utilizar a sua câmera e avaliar.

  • Reply Paulo Carvalho Costa da Cunha 09/05/2018 at 13:44

    Então, eu estou querendo uma FF, e como pretendo usa la mais como hobby, fotografia, rua, noite, retratos, estou de olho na 5D classica que numa breve pesquisa que fiz, entrega otimas imagens para esse tipo de trabalho, alem de ser a FF mais em conta no mercado, mais antiga tb, enfim, nada é perfeito, se tivesse dindim acho que tirava no uni duni te entre a D750 e a 6D Mark II… mas a realidade é outra, lente ainda estou analisando 24, 35 ou 40 mm…ou uma zoomm 2.8 se possivel.. mas entao, a 5D não é aceita por nenhum dos programas, ja vi em foruns gringos, tem ate um pessoal que manja alem do normal mais ai é outro nivel, parece que so mesmo na autorizada com equipamenteo especial deles.. e entao, como saber? Teria alguma outra forma, tipo, nao da para ter 100mil clicks sem ter desgastado tal coisa….
    Outra opçao é esperar um pouco mais, juntando um dindim e partir para a MarkII, 5D. essa já da para ver, mas em alguns reveiws, a entrega de imagem da 5D classica tem um diferencial mais artistico, mais proximo do analogico, ao contrario da evolucao qu cada vez mais busca nitidez, “estouro” de cores, contrastes, entregando fotos “perfeitas” mas não refletindo o real assunto no momento da captura. Enfim, papo, discussão, briga para varias cervas e petiscos, ahhh os petiscos..
    Mas entao, teria alguma dica sobre comprar uma 5D classica?

    • Reply Moysés Lavagnoli 09/05/2018 at 14:00

      Oi Paulo. Bom, o que dizer sobre isso tudo? Acho que primeiro essa coisa de “fotos perfeitas que não refletem o real assunto no momento da captura” é um pouco complicado. Refletir o real assunto de verdade só nossos olhos e ainda assim olhe lá, porque o nosso cérebro vai colocar a experiência dele pra interpretar as coisas e esse real pode ser bem diferente entre duas pessoas que testemunharam a mesma cena! Outro ponto: se você fotografar em RAW (e acredito que tendo uma FF você vai querer fazer isso) quem vai determinar o tratamento de nitidez, cores e contrastes é você e não a câmera. Sua subjetividade vai falar mais alto do que as pré-definições de JPG embutidas na câmera que dão esse estouro que você não gosta. No mais, se é para hobbie e a 5D estiver em bom estado, o pior cenário que pode acontecer é o obturador estragar e você ser obrigado a trocar. Vai gastar uma graninha, mas provavelmente vai ser menos do que a diferença de preço entre a 5D e uma FF zero bala atual. Fora que até chegar no ponto de você estourar o obturador, possivelmente você já vai ter fotografado muito! Mas é claro, é o mesmo risco de comprar um carro semi-novo. Pode dar uma super sorte e economizar uma baita grana, como pode dar azar. É o “preço que a gente paga por deixar de pagar o preço do zero km”. Dá uma olhada também na Nikon D610, que é uma FF dessas mais acessíveis. Sucesso na compra!

  • Reply Vanessa Pina 05/10/2018 at 11:10

    Olá!

    Ótima matéria… Só queria deixar registrado aqui que minha 6D de 4 anos está com 503.448 cliques e ainda sobrevivendo! rs

  • Comente!