Equipamentos, Notícias

A nova 50mm f1.4 da Yongnuo é uma opção mais barata para DSLRs Nikon e Canon

21/08/2018
yongnuo 50mm f1.4 nikon canon

A importância de objetivas com distância focal fixa de 50mm é tão grande que elas não por acaso recebem o apelido de “lentes normais”, ou até mesmo lentes “standard“, uma palavra inglesa que significa “padrão”.

Isso porque o ângulo de visão se assemelha ao dos nossos olhos, de modo que fotografar com uma cinquentinha é uma experiência muito natural.

Evidentemente que isso só vale para quem utilizar a 50mm em uma câmera Full Frame, já que o fator de corte de uma câmera DSLR com sensor APS-C (cropado) irá fazer com que a 50mm apresente o ângulo de visão de uma 75mm (para câmeras com fator 1,5x, normalmente da Nikon) ou de uma 80mm (para câmeras com fator 1,6x, normalmente da Canon).

De todo modo, mesmo para quem tem câmeras DSLR com sensor cropado, a cinquentinha permanece no hall de objetivas mais indicadas para início, pela sua versatilidade, baixo custo, velocidade e qualidade.

A mais nova concorrente dentre as opções disponíveis no mercado é a chinesa Yongnuo 50mm f1.4N E II, uma objetiva compatível com câmeras Nikon de montagem F. Essa mesma objetiva já havia sido anunciada para usuários Canon há 3 meses e não há grandes diferenças entre os dois modelos.

O preço anunciado é de 180 dólares em mercado norte-americano. Comparativamente o modelo de 50mm com abertura f/1.4 da Canon custa por volta de 329 dólares; o modelo da Nikon, USD 446 e o modelo da Sony, USD 450.

Há também concorrentes de terceiros como a Sigma da linha Art cujo valor gira em torno de USD 820 e a Rokinon, entre 400 e 600 dólares.

Assim, a nova cinquentinha da Yongnuo chega ao mercado com preço extremamente agressivo, como de praxe, o que a torna uma objetiva indicada para iniciantes, entusiastas e profissionais com orçamento apertado.

A objetiva conta com 9 elementos em 7 grupos, possui revestimento multi-camadas para redução de reflexos e efeitos fantasma e pesa 577g. Para filtros, a rosca é de 58mm.

Mais informações no site oficial.

Equipamentos, Notícias

Canon lança impressora fotográfica compacta: Zoemini

07/08/2018
Impressora fotográfica portátil Canon Zoemini

A fotografia instantânea tem voltado com tudo nos últimos anos, seja por meio do lançamento de câmeras que utilizam filmes instantâneos como a Fujifilm Instax ou por meio de simples, pequenas e portáteis impressoras fotográficas, como a Zoemini, novo lançamento da Canon.

Com apenas 160 gramas e pequenas dimensões (118x82x19mm), a Canon Zoemini tem a portabilidade de um smartphone e é um prato cheio para te acompanhar em viagens e festinhas memoráveis com amigos e familiares.

A impressora, que é vendida em 3 opções cores, utiliza a tecnologia de impressão ZINK com papéis de 2×3 polegadas e conectividade bluetooth.

canon zoemini impressora fotográfica portátil

Por meio do aplicativo que acompanha a impressora, disponível para iOS e Android, é possível combinar múltiplas impressões em estilo ladrilho, para ampliar as dimensões e possibilidades. Continuar lendo…

Equipamentos, Notícias

Laowa 24mm f/14 é uma lente macro “diferentona” da Venus Optics

07/08/2018

O que em um primeiro momento pode parecer uma objetiva super esquisita, daquelas que você não quer comprar porque vai ter vergonha de usar, pode, com um pouco de mente aberta, ser sim, uma opção interessante para amantes da macrofotografia.

Isso porque o design em formato de sonda da Laowa 24mm f/14 Macro Probe Lens, da chinesa Venus Optics, pode te ajudar a alcançar pequenos objetos e insetos de um modo que objetivas macro com design convencional não conseguem.

Confira as características principais da objetiva, de acordo com o release oficial:

Continuar lendo…

Notícias

Nikon anuncia o desenvolvimento de câmeras Mirrorless Full Frame

25/07/2018
nikon anuncia desenvolvimento de camera mirrorless full frame

23 de agosto de 2017 é a data que marcará uma nova era na Nikon. Mais precisamente a 1 da madrugada em horário de Brasília, a companhia japonesa irá fazer um evento global ao vivo na internet para anunciar a sua nova linha de câmeras Mirrorless com sensor Full Frame, entrando em um mercado cujo grande nome hoje é ninguém menos do que outra gigante japonesa: a Sony.

Confira o anúncio oficial da Nikon:

A Nikon tem o prazer de anunciar o desenvolvimento da próxima geração de câmeras mirrorless full-frame (formato Nikon FX) bem como objetivas NIKKOR com uma nova montagem.

As novas câmeras mirrorless e objetivas NIKKOR que estão em desenvolvimento irão proporcionar uma nova dimensão em termos de performance óptica com a adoção da nova montagem. O sistema é o resultado das capacidades ópticas e de fabricação insuperáveis da Nikon, conquistadas ao longo de mais de um século de expertise em imagem. Confiabilidade comprovada e performance de confiança são traços centrais das DSLRs da Nikon. Décadas de feedbacks obtidos de profissionais ao redor do mundo contribuíram amplamente para o desenvolvimento desse sistema.

Por meio do desenvolvimento dessa nova câmera mirrorless, a Nikon reafirma o seu comprometimento em proporcionar aos fotógrafos a habilidade de capturar imagens mais vívidas e ricas do que nunca.

Além disso, um adaptador de montagem F está sendo desenvolvido para permitir o uso de uma ampla variedade de objetivas de montagem F na nova câmera.

A Nikon irá continuar a liderar a inovação em imagem com o lançamento de uma nova câmera mirrorless e o contínuo desenvolvimento de câmeras DSLR, bem como linhas impressionantes de objetivas NIKKOR. Em breve, os usuários terão dois sistemas de ponta da indústria para escolher, proporcionando a chance dos consumidores desfrutarem os valores únicos que cada sistema oferece.

Conteúdo relacionado a esse produto está disponível na seguinte URL: www.nikonusa.com/mirrorlessiscoming. Por favor, fique ligado para mais informações.

Detalhes incluindo a data de lançamento e os preços sugeridos serão compartilhados em uma data futura.

Dicas

Edith Schmidt muda de carreira para se tornar fotógrafa aos 48 anos de idade e dá dicas para quem está começando

20/07/2018
Dicas para iniciar a carreira na fotografia

Edith Schmidt (55), fotógrafa, nem sempre se apresentou com esta profissão. Até os 48 anos foi designer e sócia de uma agência de comunicação. Ao longo do tempo também trabalhava com fotografia fazendo fotos de amigos e conhecidos, até que decidiu, segundo ela, por um empurrãozinho da vida, entrar com tudo no mundo das câmeras. Aprendeu a gerir o próprio negócio e seu próximo passo é abrir um estúdio em seu apartamento e manter o investimento em novos equipamentos de trabalho.

E, assim, Edith mudou da água para o vinho. Da sociedade para o home office, da criação artística em softwares de edição para as planilhas de fluxo de caixa. “Minha maior dificuldade no começo foi organizar as contas. As amigas me ajudavam com templates de planilhas para gerenciar entradas e saídas de fluxo do caixa, mas sempre acabava perdendo o prazo de cobrar clientes em serviços parcelados, por exemplo”, diz a empreendedora.

E a partir de 2013, a realidade na gestão das finanças iniciou um novo rumo. Foi neste período que ela passou a usar o QuickBooks, para controlar e equilibrar o caixa. “Passei a usar essa ferramenta por indicação de uma amiga e aprendi sozinha a organizar os lançamentos, despesas fixas, despesas variáveis, impostos a pagar e a acompanhar a evolução de cada mês”, diz Edith.

Após a mudança organizacional, Edith foi mais longe e passou a terceirizar a contratação de fotógrafos freelancers, quando os eventos eram maiores. Em processo de mudança do nome do negócio para Edith Schmidt Fotografia e com a criação de um estúdio dentro do seu apartamento, potencialmente virão novos clientes e entregas de produtos (álbuns, books etc).

“Todo empreendedor sabe que a tarefa de gerir por conta própria, da contabilidade aos investimentos em materiais, não é fácil. Mas todo empreendedor também sabe – ou deveria saber – que é preciso estudar, se informar e foi o que eu fiz”, conta a fotógrafa. Edith aproveita ainda para complementar sobre a divisão das finanças: “Parece óbvio, mas a necessidade de separar as contas de pessoa física e pessoa jurídica não é percebida com a rapidez que deveria”.

Continuar lendo…

Equipamentos, Notícias

Tello: drone para amadores e iniciantes com tecnologia DJI e processador Intel

18/07/2018
drone para amadores e iniciantes dji tello

O modelo Tello, fabricado pela Ryze Tech, startup de drones, possui medidas comparadas a de um brinquedo, porém, com funcionalidades profissionais. Com tecnologia de voo da DJI e processador da Intel, o drone de apenas 80 gramas transmite imagens ao vivo em HD (720p) por meio da câmera integrada de 5 megapixels e pode voar por até 13 minutos a uma velocidade de 28,8 km/h um raio de até 100 metros de distância.

Este é o drone perfeito para os iniciantes na pilotagem de veículos aéreos não tripulados, podendo ser controlado por meio de aplicativo proprietário para celular, disponível no Google Play e iTunes. Além disso, a câmera HD on-board do drone permite ver as imagens que estão sendo processadas, graças a transmissão de vídeo HD em tempo real para smartphones ou tablets e permite que o piloto experimente o mundo de maneiras novas e emocionantes. Continuar lendo…

Dicas, Edição

Como criar efeitos de movimento em fotografias estáticas

17/07/2018
Como criar fotografias animadas

Cada vez mais populares em redes sociais como o Instagram, as animações de fotografias estáticas podem ser facilmente produzidas por meio de um software da Corel, a famosa desenvolvedora do software de criação vetorial, Corel Draw.

O PhotoMirage é o seu mais novo software e tem como único objetivo adicionar movimento em elementos específicos de imagens, como em água e nuvens, por exemplo.

O processo é basicamente dividido em 3 etapas: seleção dos elementos a serem animados; isolamento desses elementos para definir os limites da animação e, por fim, a pré-visualização. Confira o passo-a-passo no vídeo abaixo:


Segundo a empresa é possível criar essas animações em minutos, sem treinamento, nem planejamento prévio, utilizando somente imagens estáticas, ou seja, não é necessário utilizar arquivos de vídeo.

O software pode ser instalado em computadores com Windows 7 (ou superior) com período de testes de 15 dias liberado gratuitamente.

A versão completa custa 69,99 dólares americanos.

Mais informações na página oficial do software: www.photomirage.io

Inspiração

Pessoas reagindo ao serem chamadas de bonitas

12/07/2018
Fotógrafos capturam a reação de pessoas ao serem elogiadas

É uma modinha na internet a publicação de vídeos de pessoas reagindo à diversas situações ou coisas pela primeira vez, como os da fofíssima Nienke, que ficou muito popular no Brasil por publicar vídeos de si própria reagindo a todo tipo de brasilidades, de funk e xuxa a guaraná e paçoca.

Há um canal no Youtube cujo mote é simplesmente o registro da reação de europeus à coisas completamente aleatórias, chamado Europeans React.

Um dos vídeos produzidos por esse canal chegou a mim aleatoriamente via redes sociais e eu achei que seria muito bacana divulgar por aqui. Por que?

Porque trata-se de um sensível vídeo que captura a reação imediata de pessoas ao serem chamadas de bonitas. De acordo com o vídeo, “Bonito(a) é uma palavra forte que pode fazer o dia de qualquer pessoa melhor”.

O vídeo foi produzido em Bruxelas, na Bélgica e o roteiro que aparece em inglês nos primeiros segundos diz o seguinte:

“Nós do European React, pegamos nossa câmera e fomos para as ruas e perguntamos para pessoas aleatórias se poderíamos fazer um retrato delas para um projeto de faculdade. Elas pouco sabiam que enquanto nós nos preparávamos para fotografá-las, a câmera já estava gravando. Quando nos perguntavam sobre o que era o projeto, nós dizíamos: nós temos que fotografar algo que nós achamos bonito.”

O resultado você confere abaixo:

Inspiração

Entrevista com a fotógrafa infantil Júlia Gehlen

10/07/2018
Entrevista com a fotógrafa infantil Júlia Gehlen

Para começar um quadro inédito de entrevistas aqui no f/otografia todo dia, teremos um bate papo com a fotógrafa Júlia Gehlen, que mesmo com apenas 21 anos de idade e sem cursos técnicos formais, vem produzindo trabalhos impecáveis no nicho da fotografia infantil. Acredito que essa entrevista sirva de inspiração para iniciantes e entusiastas em busca de resultados primorosos, como os da Júlia.

Julia Gehlen fotografia infantil

Júlia, antes de mais nada, gostaria que você se apresentasse. Quem é você, de onde você é, quantos anos você tem?

Vamos lá! Me chamo Júlia, tenho 21 anos. Sou gaúcha de Três Passos, uma cidade no noroeste do Rio Grande do Sul. Atualmente moro em São Paulo capital, mas (quase!) sempre estou viajando pelo Sul. Cheguei em São Paulo em 2015 cheia de planos e objetivos que estou colocando em prática desde então. Além disso tudo, curso Relações Internacionais e, claro, sou fotógrafa infantil.

Julia Gehlen fotografia infantil

E como você aprendeu fotografia, Júlia? De maneira autodidata ou com cursos técnicos?

Comecei a fotografar desde pequena como uma brincadeira e foi dessa forma que aprendi tudo o que sei hoje. Por volta de 2004 ganhei uma câmera compacta da Sony, que foi na época a minha diversão favorita. Tudo era fotografado (tudo mesmo!). Com ela aprendi a usar várias funções da câmera. Anos mais tarde, tive contato com uma Powershoot da Canon e aprendi a utilizar os modos da câmera, aprendi que era possível trocar lentes e vários detalhes da fotografia. Meu aprendizado foi sempre guiado por vários livros do assunto, principalmente o manual de fotografia da National Geographic. Nunca fiz nenhum tipo de curso, sempre procurei o conhecimento por iniciativa própria. Continuar lendo…

Notícias

Prêmio Transatlântico de Fotografia 2018: concorra a viagens, cursos e câmeras

04/07/2018
prêmio transatlântico de fotografia

Em parceria com a Câmara de Comércio e Indústria Brasil – Alemanha e DZT (Central de Turismo Alemã), o Club Transatlântico acaba de lançar um concurso de fotografia com o objetivo de manter a tradição de grandes prêmios fotográficos e promover o intercâmbio de ideais e visões de mundo entre dois países tão diversos e tão próximos, Brasil e Alemanha. Os vencedores irão ganhar viagens para Berlim, cursos em uma renomada escola de fotografia na capital alemã, além de máquinas fotográficas.

As inscrições começam hoje (4 de julho), são gratuitas e devem ser feitas no site do concurso (www.lebenskunst.com.br)  até 31 de agosto. Podem participar brasileiros e estrangeiros residentes no Brasil, sendo fotógrafos profissionais ou amadores. Para captar as imagens podem utilizar câmeras fotográficas, celulares ou outros equipamentos.

Prêmios: O concurso Transatlântico de Fotografia 2018 tem 3 categorias e prêmios diferenciados. Na Categoria Adulto (a partir de 16 anos) os 3 vencedores selecionados pelo júri irão ganhar uma viagem de 9 dias a Berlim com tudo pago (passagens aéreas, hospedagem  e refeições), um curso de uma semana na renomada Escola de Fotografia Lette Verein na capital alemã e uma máquina fotográfica Sony-Zeiss. Já na Categoria Juvenil (12 a 15 anos) os 3 primeiros colocados irão ganhar uma máquina fotográfica Sony -Zeiss. Além disso, 20 participantes (adulto e juvenil) serão selecionados para concorrerem ao prêmio na Categoria Júri Popular onde, em uma votação online, o público escolherá um vencedor que também irá ganhar uma câmera Sony-Zeiss.

Tema: O tema do concurso deste ano é Lebenskunst-Paladar. Serão premiadas as melhores fotos que apresentarem a relação do prazer em comer com a arte de viver. A ideia é estimular a conexão com a gastronomia alemã através de imagens. O participante do concurso deverá apresentar 3 fotografias de sua autoria compondo uma sequência fotográfica lógica (uma história) que remeta ao tema. Depois, preencher a inscrição no site e fazer o upload digital das 3 fotos.

A premiação será no dia 10 de outubro no Club Transatlântico onde irá acontecer uma exposição com as fotos vencedoras. A viagem para Alemanha dos 3 primeiros colocados acontecerá no início de dezembro.

Mais informações sobre o concurso, inscrição e regulamento no site: www.lebenskunst.com.br ou  [email protected]

Redes sociais:

www.facebook.com/lebenskunstfotografia
www.instagram.com/lebenskunstfotografia

Sobre o Club Transatlântico: Fundado em 1954, a princípio como ponto de encontro da comunidade alemã, o Club Transatlântico tem como objetivo ser um elo cultural e social entre a Europa e o Brasil. Aberto ao público em geral promove todos os meses uma agenda cultural diferenciada com palestras, eventos, concertos musicais e muito mais.  Mais informações: www.clubtransatlantico.com.br